terça-feira, 1 de dezembro de 2009

deambulando

Sentado aqui estou deambulando em pensamentos
Tirando partido deste sol que me toca e fortalece
Vejo e sinto o vento tocar nos ramos das árvores
Que em minha frente estão sinto-me como elas
Contudo não tenho as raízes que as agarra à terra
Sinto-me diferente delas talvez mais ao sabor da mãe terra
Do que elas ………… ao sabor do vento e do meu destino
Onde este vento me leva ……. Arrisco ao pensar em uma vida melhor
Com um mundo também melhor………..
Tocado por um sol que me aquece e por um vento que me acaricia
Por momentos sinto-me parte de um todo ………. Um mundo onde vivo
E sobrevivo …………como as árvores que em minha frente estão
Vivendo cada dia vivendo cada momento cada instante …….
Aproveitando o que a mãe terra tem para me oferecer ……….

12/04/2009

Sem comentários: